Logotipo da empresa

ícone do telefone da empresa (11) 4990-1780 (11) 4990-4015

ícone do e-mail da empresa avatec@avatec.com.br

Indique a Empresa

Perguntas e Respostas

CREMES DE PROTEÇÃO PARA PELE

Desde 20 de fevereiro de 1992, através da Portaria nº 3 do DNSST, posteriormente alterada pela Portaria nº 26 de 29 dezembro de 1994, os cremes de proteção para a pele passaram a ser considerados como um EPI (Equipamento de Proteção Individual), tendo assim respaldo legal para combater a insalubridade, onde o trabalhador tenha contato com substâncias nocivas, tais como: óleos, graxas, tintas, solventes, etc... Com a utilização dos cremes de proteção, a ação destes agentes químicos pode ser neutralizada, e com isso as empresas ficam isentas do pagamento do "adicional de insalubridade", que por lei varia de 10% ,20% ou 40% do salário mínimo dependendo do grau da mesma. Os cremes de proteção hoje encontrados no mercado dão total condição de neutralização da insalubridade por absorção da pele, cabendo a cada fabricante comprovar quais as substâncias que serão barradas com o uso de seus cremes através de ensaios de solubidade ou testes de barreira.

A utilização dos cremes em contato com a pele é segura como pode se verificado pelos testes de irritabilidade dérmica, irritabilidade ocular e toxidez.

A utilizaçao dos cremes de proteção, além de ser uma alternativa para neutralização, tem seu custo bem reduzido, pois em geral um pote de creme de proteção para pele contendo 100 gramas dá para 100 aplicações, ou seja, para cerca de 40 dias de trabalho, considerando-se duas aplicações diárias. O emprego destes cremes, portanto, oferecem as empresas uma solução econômica e principalmente poupa seus empregados da possibilidade de problemas de saúde e conseqüentemente afastamentos, além da isenção do pagamento do adicional de insalubridade. Em alguns casos a utilização de luvas não dá a total neutralização, pois estas em contato permanente com as substâncias químicas ficam encharcadas ou mesmo destruídas, fazendo com que o trabalhador se exponha ainda mais aos agentes nocivos.

E ainda o uso de luvas em algumas operações "por exemplo máquinas rotativas" podem colocar em risco o trabalhador pelo fato do mesmo perder o tato, sem contar com a diminuição da produtividade, uma aspecto muito importante a ser considerado. O uso dos cremes de proteção além de neutralizar a insalubridade, traz um maior conforto e segurança ao trabalhador, a um baixo custo para os empresários, que se preocupam com o bem estar dos seus empregados.  

Ver Mais Notícias

Todos os Direitos Reservados - Avatec
Criação Wscience